Convênio oferece descontos em cursos nas áreas de administração

Vereadores, servidores efetivos, de cargos em comissão, e dependentes podem se beneficiar de descontos em cursos oferecidos pela Facccentro – Escolas de Negócios. A Câmara Municipal de Porto Alegre e o Centro Educacional Novo Milênio – Faccentro assinaram no final de agosto convênio que estabelece 10% de descontos em cursos Técnicos, de Graduação e de Pós-Graduação ministrados por essa instituição. O convênio, gestionado pela Escola do Legislativo Julieta Battistioli, estabelece ainda que sempre que houver condições de pagamento mais favoráveis e o aluno estiver apto a obtê-lo, ele receberá esse desconto em detrimento do outro.
A Faccentro oferece cursos basicamente na área de Administração Empresarial. Há opções de cursos técnicos em Administração, Contabilidade e Logística; em graduação a formação oferecida é de Administração, Gestão de Recursos Humanos e Gestão Financeira, entre outros. E, como escolha para pós-graduação são oferecidos cursos de Gestão de Pessoas e Liderança Coach. Informações sobre cursos, matrículas e valores devem ser solicitadas diretamente na Faccentro, na rua Marechal Floriano Peixoto 185, 8º andar, Centro. A empresa também atende pelo telefone (51) 3084 6700, ou em portoalegre@faccentro.com.br.
Para obter o desconto, que será concedido nas mensalidades, o interessado deverá comprovar vínculo com a Câmara Municipal através de documento padrão de identidade, a carteira funcional; ou o crachá funcional. A comprovação será feita no ato da matrícula.

ARTE DIVULGACAO CONVENIO FACCENTRO

GT Prepara Encontro da ABEL para novembro

A Escola do Legislativo Julieta Battistioli e a Câmara Municipal de Porto Alegre sediarão nos dias 12, 13 e 14 de novembro, o XXIV Encontro da Associação Brasileira de Escolas do Legislativo e de Contas (Abel). Para a organização, Grupo de Trabalho (GT) designado pela Direção Geral vem reunindo-se periodicamente com o objetivo de acertar detalhes, definir providências e empreender uma boa recepção e realização desse evento. São esperados cerca de 80 participantes representando mais de 100 escolas de câmaras municipais, assembléias legislativas e tribunais de contas de todo o Brasil. Esta será a primeira vez que um encontro da Abel será realizado no sul do país.

 

A programação do XXIV Encontro inclui as palestras Portal Modelo: As Escolas do Legislativo e de Contas na Rede, a cargo de Deborah Andrade e Luiz Carlos Santana, ambos assessores da Abel; e As Escolas do Legislativo e de Contas, Suas Redes: Experiências e Desafios, por Guilherme Wagner Ribeiro, de Minas Gerais. Sandro Bergue, diretor da Escola do Tribunal de Contas do RS falará sobre Ações de Educação para a Cidadania e Controle Social. O trabalho do GT, contudo, não se resume a definir ou a divulgar a programação, mas a estabelecer toda a infraestrutura que inclui a reserva de espaços para o evento, a distribuição de convites para autoridades, e programar rotinas de recepção aos visitantes, entre outros itens.

 

A Escola Julieta Battistioli candidatou-se a sediar o XXIV Encontro da Abel em maio, quando a vereadora Lourdes Sprenger, presidente da Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Porto Alegre, participou do XXIII Encontro em Brasília. É praxe a Associação realizar dois eventos num mesmo ano. Pelo fato do sul do Brasil nunca ter sediado reunião dessa natureza, a escolha por Porto Alegre foi aclamada por unanimidade. Integram o GT os servidores Andréia Oliveira, Fernando Martins, Giovana Rigo – ex-diretora da Escola do Legislativo da Câmara Municipal, Helio Panzenhagen – atual diretor, José Luis Lopes, Renata Marino e Rosemary Maurer.

imagem51927

Foto: Ederson Nunes

CURSO DE GESTÃO DE DOCUMENTOS PÚBLICOS

Curso de Gestão de Documentos com matrículas abertas

Estão abertas, na secretaria de Escola do Legislativo Julieta Battistioli, sala 348, as matrículas para o Curso de Gestão de Documentos Públicos. As aulas serão realizadas nos dias 15, 17, 22, 24, 29 e 31 de outubro, das 9h30 às 11h30, para 20 alunos. A carga horária total será de 12h/a. O objetivo dessa proposta é oferecer subsídios para a implantação de ações de gestão e procedimentos para a conservação, classificação e armazenamento de documentos.

Servidores que participarem do Curso de Gestão de Documentos Públicos também serão treinados à preservação de papéis e processos além de serem orientados em como proporcionar acesso a esses documentos aos interessados. Para efetivar a matrícula, deve apresentado na Escola Termo de Compromisso e autorização para Dispensa de Ponto devidamente preenchidos e assinados. Esses dois formulário podem ser encontrados anexos à divulgação do curso feita pela ELJB por e.mail.

Não compartilhe seus dados de login. Eles são sua identificação pessoal na rede.

ARTE NOVA

Palestrante fala sobre vereadores que se tornaram prefeitos da capital

No espaço destinado às Comunicações Temáticas desta quinta-feira (4/9), o presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB/RS, Antônio Augusto Meyer dos Santos, destacou os vereadores de Porto Alegre que se tornaram prefeitos da Capital. A sessão foi presidida pelo vereador Guilherme Socias Villela (PP), que governou a cidade na década de 1970.

Ao destacar os 241 anos da Câmara Municipal, Santos afirmou que, dos 40 gestores da Capital, 14 foram vereadores. “É importante destacar que a sede da Câmara Municipal de Porto Alegre se chama Palácio Aloísio Filho, em homenagem a um grande vereador e prefeito”, disse. O presidente destacou ainda que o vereador que se torna prefeito carrega consigo a figura do político que interage diretamente com a sociedade, “costume característico da vereança”. Santos ressaltou que todos os vereadores que assumiram o Executivo honraram as tradições da Câmara, como o diálogo, a democracia e a correlação amigável e pró-ativa entre os poderes.

De Felicíssimo a Fortunati

O presidente da Comissão da OAB relembrou ainda que os 14 vereadores que assumiram a prefeitura tinham um passado político e uma vida pública para além do governo municipal. Felicíssimo de Azevedo, observou ele, foi o primeiro prefeito de Porto Alegre; Alberto Bins foi um dos precursores da modernização da cidade; Loureiro da Silva iniciou a verticalização da Capital; Ildo Meneghetti se destacou como um grande incentivador do futebol porto-alegrense.

Santos destacou os prefeitos Antônio Aranha, irmão do diplomata brasileiro Osvaldo Aranha; Lindolfo Bohel, conhecido por sua dedicação à causa pública; Manoel Osório da Rosa, que deu sequência às atividades de Bohel, assumindo a prefeitura em meio ao suicídio de Getúlio Vargas; Martim Aranha, que oficializou a Feira do Livro no local onde ela se realiza até hoje; Sereno Chaise, que ficou apenas três meses na Prefeitura, sendo afastado pela ditadura civil-militar; Renato Souza, eleito pelo voto indireto em abril de 1965; e Célio Marques Fernandes, que geriu a construção da I Perimetral, em Porto Alegre.

O hoje vereador Guilherme Socias Villela foi outro nome destacado pelo palestrante de hoje. “Devemos a Villela a continuidade de muitas obras e o estabelecimento de secretarias como a do Planejamento e do Meio Ambiente”; João Antônio Dib, vinculado às causas do município, estabeleceu com a Câmara Municipal uma relação de intimidade com a Prefeitura; Alceu Collares, que foi o primeiro prefeito após a redemocratização do Brasil; João Verle, o último prefeito do PT nos 16 anos de governo da sigla na cidade; e José Fortunati, atual prefeito de Porto Alegre, que presidiu a Câmara Municipal em 2002.

O palestrante

Santos é autor dos livros Aloísio Filho – Cidadão e Vereador, Prefeitos de Porto Alegre – cotidiano e administração da capital gaúcha entre 1889 e 2012, Vereança e Câmaras Municipais: questões legais e constitucionais e Reforma Política: inércia e controvérsias. É também professor de Graduação e Pós-Graduação em Direito Eleitoral da Escola Verbo Jurídico, da Fundação Escola Superior do Ministério Público do Rio Grande do Sul. Em 2011, ele recebeu o título de Cidadão Emérito de Porto Alegre em homenagem proposta pelo vereador Waldir Canal (PRB) e aprovada pela Casa. A palestra foi promovida pela Escola do Legislativo Julieta Battistioli, presidida pela vereadora Lourdes Sprenger (PMDB).

Texto: Juliana Demarco (estagiária de Jornalismo)
Edição: Marco Aurélio Marocco (reg. prof. 6062)

Foto: Ederson Nunes

Foto: Ederson Nunes

Quinta Temática destaca presença de vereadores em administrações da Capital

O Período de Comunicações Temáticas, na sessão ordinária desta quinta-feira (4/9), deverá marcar o aniversário da Câmara Municipal de Porto Alegre, que no dia 6 de setembro completa 241 anos. Na oportunidade, o advogado e consultor Antônio Augusto Mayer dos Santos deverá proferir a palestra As Administrações Municipais 1952 – 2014, Feitos e Fatos. A abordagem irá enfocar vereadores que exerceram o cargo de Prefeito Municipal da Capital, bem como as principais ações governamentais da Câmara Municipal na administração da cidade. Esta palestra é uma atividade conjunta da Escola do Legislativo Julieta Battistioli e do Memorial.

Autor dos livros Aloísio Filho – Cidadão e VereadorPrefeitos de Porto Alegre – cotidiano e administração da capital gaúcha entre 1889 e 2012Vereança e Câmaras Municipais: questões legais e constitucionais e Reforma Política: inércia e controvérsias, Mayer dos Santos também é professor de Graduação e Pós-Graduação em Direito Eleitoral da Escola Verbo Jurídico, da Fundação Escola Superior do Ministério Público do Rio Grande do Sul. Em 2011, ele recebeu o título de Cidadão Emérito de Porto Alegre em homenagem  proposta pelo vereador Waldir Canal (PRB) e aprovada pela Casa.
Assessoria de Imprensa CMPA
imagem51513

Ensino de inglês dá sequência a atividades da Julieta Battistioli

Três turmas de inglês estão iniciando suas atividades nesta semana na Câmara Municipal de Porto Alegre. Nas segundas-feiras serão ministradas aulas do Básico I, nas quartas do Intermediário I e nas sextas-feiras do Avançado/Conversação. As aulas de cada módulo serão sempre uma vez por semana, até a primeira semana de dezembro. Ainda existem vagas para a turma de Avançado/Conversação. Esta atividade é organizada e realizada pela Escola do Legislativo Julieta Battistioli.

O principal objetivo desses cursos, como explica Helio Panzenhagen, diretor da Escola Julieta Battistioli, é capacitar os servidores da Câmara Municipal no domínio e expressão de outros idiomas, ampliando suas habilidades de comunicação nas relações externas estabelecidas com o Legislativo municipal. O ensino de Língua Inglesa vem sendo ministrado desde 2008 aos servidores da Casa e se insere “na importância da promoção de ações concretas voltadas à democratização do acesso à língua estrangeira diante de seus significados culturais”, conforme projeto da Escola do Legislativo.
Esses cursos, lembra ainda o diretor, também são previstos no Projeto Político Pedagógico da Escola que define como um de seus objetivos-gerais “proporcionar formação voltada ao desenvolvimento profissional e cultural dos agentes políticos e administrativos do Legislativo, bem como desenvolver competências transdisciplinares para contribuir para a compreensão das funções do Poder Legislativo e as suas relações com a sociedade”. Em Levantamento de Necessidades para 2014, realizado pela Julieta Battistioli, solicitação de curso de língua inglesa foi expressa em aproximadamente 98% dos questionários recebidos.
Cursos
No final de agosto, a Escola do Legislativo Julieta Battistioli realizou a Oficina de Técnica Legislativa, que teve a participação de servidores da prefeitura e da Câmara Municipal. Também em agosto foi concluído ciclo de atividades voltadas à segurança no trabalho, que incluiu treinamentos para a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), Mapa de Risco e Ergonomia. Já nos dias 15, 16, 22, 24, 29 e 31 de outubro deverá ser realizado Curso de Gestão de Documentos Públicos, cuja divulgação deverá se iniciar em breve. Ainda para outubro está previsto Cursos de Restauração e Conservação de Documentos, Jornais e Fotos.
Assessoria de Imprensa CMPA
Foto: Francielle Caetano

Foto: Francielle Caetano

CURSO DE CIPA SERÁ CONCLUÍDO NESTA SEMANA

FOTO: Ederson Nunes/Arquivo CMPAServidores da Câmara Municipal de Porto Alegre que integram a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) concluem nesta sexta-feira (29/8) etapa de treinamento obrigatório previsto pela Norma Regulamentadora 5 (NR5), lei que estabelece as atribuições e competências dessa comissão. Conjuntamente, foram também feitos cursos de Ergonomia e de Mapa de Risco, num total de 60 h/a, desde o começo de julho. Os três cursos foram organizados pela Escola do Legislativo Julieta Battistioli.
Nesta semana também está sendo realizada Oficina de Técnica Legislativa, com a participação de servidores do Legislativo e do Executivo, e para a próxima semana está previsto o início de cursos de inglês em três módulos: Básico I, Intermediário I e Avançado/Conversação. As matrículas devem ser feitas na secretaria da Escola. Anda neste semestre a Julieta Battistioli deverá realizar outros dois cursos: um de Gerenciamento de Documentos e outro visando à conservação e à restauração de documentos.
Acidentes

Conforme estabelecido pela NR5, a Cipa tem como objetivo “a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador”. Já Resolução de Mesa da Câmara Municipal estabelece como uma de suas competências “identificar os riscos do processo de trabalho, elaborando o Mapa de Riscos de cada serviço, setor e seção, com a participação compulsória de todos os servidores”.
Atualmente a Cipa da Câmara Municipal tem em sua presidência o servidor Rodrigo Silva Ramos. A duração do mandato de cada Comissão é de um ano. Por esse motivo são realizadas eleições anuais para a nominação de quatro titulares e quatro suplentes eleitos pelos servidores. Outros quatro titulares e igual número de suplentes são indicados pela administração da Câmara Municipal, a quem também cabe a escolha do presidente.
Assessoria de Imprensa CMPA

Escola Julieta Battistioli realiza Oficina de Técnica Legislativa

Vinte servidores da Câmara Municipal e da Prefeitura de Porto Alegre estão participando nesta semana da Oficina de Técnica Legislativa que está sendo realizada pela Escola do Legislativo Julieta Battisitoli. As atividades, conduzidas por Guilherme Dutra e Juliana Maia, ambos funcionários da Câmara, iniciaram na manhã desta segunda-feira (25/8) e prosseguirão até a sexta-feira (29/8), num total de 15 h/a. O objetivo principal é contribuir para a capacitação de pessoal do Legislativo e do Executivo, de forma prática, em aspectos relacionados à redação inicial e final e conferência de leis produzidas no Município.

O início dos trabalhos, na manhã de hoje, contou com a presença da vereadora Lourdes Sprenger (PMDB), presidente da Escola do Legislativo Julieta Battistioli, que destacou a importância de propostas como essa na qualificação de servidores, tanto do Legislativo como do Executivo. “Esse é um dos principais propósitos da Escola”, destacou a vereadora ao citar outras ações que estão sendo realizadas, como os cursos de CIPA, Ergonomia e Mapa de Risco. Pela demanda registrada na secretaria da Julieta Battistioli para essa Oficina, está sendo programada uma segunda edição ainda para este ano.

Normatização

A Oficina terá dois momentos: exposição teórica acerca do conteúdo a ser tratado e exercícios que buscarão incentivar discussões sobre as melhores soluções para a redação da legislação no Município. Conforme Dutra, deverá ser demonstrado aos participantes de que maneira é realizado esse trabalho na Seção de Redação Legislativa da Câmara Municipal, local por onde passam todos os atos normativos feitos em Porto Alegre. “A oficina igualmente deverá proporcionar aos servidores a oportunidade de participarem ativamente da normatização dos atos, apresentando-lhes a realidade da produção de leis”, lembra Juliana.

A realização dessa atividade também atende sugestão da Escola de Gestão Pública, da Secretaria Municipal de Administração da Prefeitura. O Executivo, por suas diversas secretarias e órgãos, é produtor de atos que, em sua finalização, após apreciação e votação pelo plenário da Câmara Municipal, passam pelo Setor de Redação Legislativa. “Essa Oficina atende justamente a uma das partes desse processo e, em estando servidores municipais cientes disso, certamente haverá melhorias em toda a tramitação legal de demandas da Prefeitura Municipal”, destaca Helio Panzenhagen, diretor da Escola do Legislativo Julieta Battistioli.

Assessoria de Imprensa CMPA
Edição: Marco Aurélio Marocco (reg. prof. 6062)

Foto: Francielle Caetano

Foto: Francielle Caetano

Foto: Francielle Caetano

Foto: Francielle Caetano

Escola Julieta Battistioli recebe visita da Câmara de Pelotas

A Escola do Legislativo Julieta Battistioli, da Câmara Municipal de Porto Alegre, recebeu recentemente, a visita de Leandro Pickersgill Arana, da Câmara Municipal de Pelotas. Arana esteve na Capital para buscar subsídios com a finalidade de criação de uma escola no legislativo pelotense. Na Julieta Battistioli, Arana foi recebido pelo diretor da escola, Helio Panzenhagen, onde recebeu informações sobre as modalidades de cursos oferecidos, bem como sobre as atividades desenvolvidas na forma de seminários e palestras.

Arna também visitou o gabinete da vereadora Lourdes Sprenger (PMDB), presidente da Escola. A vereadora, no contato com o representante da Câmara de Pelotas, destacou a participação da Julieta Battistioli em evento realizado pela Associação Brasileira de Escolas do Legislativo e de Contas (Abel), na primeira quinzena de maio, em Brasília. Lourdes também convidou a futura escola da Câmara de Pelotas para participar de encontro nacional a Abel que será realizado em Porto Alegre, na segunda quinzena de novembro.

Leandro Pickersgill Arana, Ver. Lourdes Sprenger, Presidente da Escola do Legislativo da CMPA e Helio Panzenhagen, Diretor da Escola do Legislativo durante a visita.

Leandro Pickersgill Arana, Ver. Lourdes Sprenger, Presidente da Escola do Legislativo da CMPA e Helio Panzenhagen, Diretor da Escola do Legislativo, durante a visita.

CURSOS CONCLUÍDOS

Aula de fotografia para os servidores

Turma do Curso de Fotografia com o professor Elson Sempé. Foto: Francielle Caetano

O Curso de Comunicação Verbal: Dicção, Desinibição e Oratória, ministrado pela instrutora do SENAC, Claudia Mallmann, encerrou com êxito as atividades no dia 11 de abril. O objetivo do Curso foi trabalhar o potencial de cada participante com métodos e técnicas para lidar com o medo de falar em público e ordenar ideias com objetividade, clareza e dicção.
Outro módulo concluído com êxito foi o Curso de Fotografia, ministrado pelo jornalista e repórter fotográfico da Câmara, Élson Sempé, que foi finalizado no dia 16 de maio. Oferecido aos funcionários da Câmara Municipal com o objetivo de capacitar os servidores a operarem mecanismos da fotografia através de conhecimentos fundamentais e conceitos básicos como composição, luz, movimento e instante.
Fique atento para possíveis próximas edições de ambos os cursos e garanta sua vaga. Acompanhe também a divulgação dos cursos que serão oferecidos nos próximos meses.